A Fibroclínica é a primeira clínica do Brasil especializada no tratamento físico da fibromialgia. Nosso método é próprio e foi desenvolvido pela fisioterapeuta Laurita Ferla Castegnaro para tratar as alterações percebidas no sistema musculoesquelético devido à fibromialgia e à dor crônica e permitir a retomada da vida normal.

Por que o nosso método de tratamento é físico?

Quando se fala em tratamento da fibromialgia ou de outros tipos de dor crônica, a maioria das pessoas tem em mente o uso de medicamentos e a necessidade de realizar atividade física. 

Na prática, o tratamento medicamentoso realizado de forma isolada apresenta eficácia limitada e muitos efeitos colaterais, o que frequentemente leva à desistência do tratamento. 

Já a tentativa de realizar exercícios físicos é na maioria das vezes frustrada devido ao aumento da dor, da fadiga e da indisposição, tanto no momento do exercício quanto nos dias seguintes. Essa inatividade acaba aumentando a dor e gerando uma sensação ainda maior de impotência. Esse é um ciclo que precisa ser quebrado.

Sabemos que os exercícios físicos realmente são muito importantes para a manutenção do bem-estar, da energia e da disposição; porém, é fundamental entender que, antes de iniciá-los, será necessário modificar a condição física e a reposta do sistema nervoso central.

Em outras palavras, na fibromialgia e em outros tipos de dor crônica, o corpo não está apto a realizar exigências físicas; para isso ele precisa ter a sua condição modificada a partir de uma verdadeira transformação.

Por isso a Fibroclínica desenvolveu um método próprio de tratamento físico, composto por duas fases: desprogramação e reprogramação neuromuscular. Esse tratamento pode ser realizado de forma isolada ou paralelamente ao tratamento medicamentoso e à psicoterapia.

 

Primeira consulta 

Inicialmente é realizada uma consulta para avaliar o quadro atual do paciente, suas características físicas e comportamentais. Além da minuciosa avaliação física, é fundamental saber o histórico e a intensidade de cada sintoma para que se possa traçar um programa de tratamento totalmente individualizado. 

 

Fases do tratamento 

FASE 1 (DESPROGRAMAÇÃO NEUROMUSCULAR)

Nas sessões da fase 1, o foco é tratar a dor, a tensão, a rigidez e as aderências teciduais, desativando os tender points (fibromialgia) ou os triggers points (dor muscular crônica).

Para a fibromialgia, em cada sessão é tratada uma região corporal e ao final da primeira fase o corpo todo estará tratado, desde os pés até a cabeça.

O tratamento da região da face e da cabeça inclui também a abordagem endobucal (por dentro da boca) para reverter as alterações da musculatura mastigatória, que frequentemente causam dor na face, na cabeça, nos ouvidos e na nuca, além de zumbidos e tontura.

Nos casos de dor crônica, o tratamento poderá ser realizado apenas nas regiões com dor ou alterações musculares.

No decorrer da primeira fase o paciente já perceberá o alívio gradual dos sintomas.

Contudo, na fibromialgia e na dor muscular crônica, não basta apenas tratar os sintomas: é necessário também promover uma verdadeira transformação do corpo, tornando-o forte e ao mesmo tempo flexível e relaxado. Esse é o foco da fase 2, que através da reprogramação neuromuscular estimulará o sistema nervoso central a assimilar essa nova condição, de forma natural e permanente.

 

FASE 2 (REPROGRAMAÇÃO NEUROMUSCULAR)

A reprogramação neuromuscular foi desenvolvida especialmente para a musculatura do paciente fibromiálgico e com dor crônica, de forma que promova uma completa transformação da sua condição física.

A primeira fase do tratamento tem como foco a dessensibilização do sistema nervoso central; ela proporciona alívio da dor, tensão, fadiga e rigidez, devolvendo o bem-estar e a sensação de leveza. 

Já a segunda fase desenvolve a consciência corporal, a percepção da capacidade física e vai gradualmente promovendo o reequilíbrio dos grupos musculares, tornando-os fortes, flexíveis e relaxados. Com isso, o paciente voltará a experimentar a sensação de movimentar-se de forma leve, fluida e prazerosa.

A segunda fase possibilita a manutenção dos resultados obtidos na primeira fase e, além disso, uma evolução gradual da capacidade física, tornando o paciente apto a retomar sua vida normal e a incorporar os exercícios físicos à sua rotina de forma segura e eficaz.

É importante salientar que o tratamento físico bem conduzido poderá proporcionar a redução gradual até chegar à suspensão do tratamento medicamentoso, na maioria dos casos.

 

PROGRAMAS ESPECIAIS DE TRATAMENTO PARA PACIENTES QUE VEM DE FORA

Para viabilizar o tratamento de pacientes que moram fora de Porto Alegre, oferecemos um programa de tratamento intensivo da primeira fase, a fim de otimizar o tempo e os custos com o deslocamento.  Para a segunda fase é possível solicitar a elaboração de um programa personalizado a ser realizado na sua própria cidade de residência. Se é esse o seu caso, solicite informações.

Rua São Manoel, 1261/303 – B. Santana – CEP 90620-110 Porto Alegre – RS
51 980.443.361 | [email protected]

Rua São Manoel, 1261/303 – B. Santana
CEP 90620-110 Porto Alegre – RS
51 980.443.361 | [email protected]

Fibroclínica© – Todos os direitos reservados – Por METANÓIA Agência de Comunicação Criativa.

Fibroclínica© – Todos os direitos reservados
Por METANÓIA Agência de Comunicação Criativa.